LIGHT STEEL FRAME
BENEFÍCIOS DO LIGHT STEEL FRAME
Obra limpa, rápida, econômica, sustentável e com acabamento superior. Tudo isso é possível com o light steel frame (LSF), ou apenas steel frame.
Sem um único tijolo, a Micura utiliza produtos padronizados de alta tecnologia, como perfis leves de aço galvanizado nas dimensões corretas.
Nas paredes internas, são utilizadas placas de gesso acartonado (drywall) e na parte externa, placas cimentícias e outras. Para garantir a eficiência térmica e acústica, lã de PET, vidro ou rocha. Itens seguros e modernos para construir uma casa ou empreendimento totalmente sustentável.
Essa descrição resume brevemente os benefícios do sistema construtivo LSF, muito utilizado em países do mundo todo, por conta da qualidade e tecnologia avançada, que contribui para a preservação do meio ambiente, além de evitar desperdícios de materiais e erros, como também a redução do valor da obra. Além de tudo isso, todos os tipos de acabamento podem ser utilizados no light steel frame.
Compare o Light Steel Frame com o sistema convencional (alvenaria), e comprove esses e outros benefícios com a Micura.
beneficio-texto-1

COMPARAÇÃO LIGHT STEEL FRAME X ALVENARIA CONVENCIONAL

Uma das tecnologias mais empregadas no mundo em construção residencial e comercial.


Produto final tecnicamente superior à alvenaria tradicional.


Tendência mundial a se transformar no sistema construtivo mais utilizado.


Facilmente adaptável a novas tecnologias.


Fundação: representa entre 5% e 7% do custo total da obra. Para terrenos acidentados, tem custo inferior ao sistema convencional.


Fundação: distribuição de cargas lineares.


Muito difícil o aparecimento de fissuras.


Mão de obra qualificada.


Menor impacto ambiental. O aço é um dos produtos mais reciclados em todo o mundo.


Estrutura em aço galvanizado. Produto com certificação internacional. Obedece aos rigorosos padrões de qualidade.


Processo simples, com colocação milimétricas, com mínimo desperdício e sem retrabalho.


Canteiro de obra limpo e organizado.


O jardim pode ser a primeira etapa da obra.


O isolamento térmico é completo. A lã de vidro colocada em todas as paredes e forros dificulta a passagem de calor pelas paredes. Custo mínimo ou inexistente para manutenção de temperaturas.


O isolamento acústico é maior que o convencional.


Mínima utilização de água no processo construtivo. Utilizada somente nas fundações.


Manutenção simples, com a retirada do revestimento interno, localização imediata do problema, conserto, e recolocação do revestimento, retoque e pintura simples. Prazo de conserto médio de 01 dia.


Preço por metro quadrado similar a alvenaria convencional. Em boa parte dos casos o sistema steel frame é mais barato.


Há soluções para ventos de até 200 km/h, a norma brasileira pede resistência de até 144 km/h.


Resistente a raios. O aço que compõe a estrutura da casa é excelente condutor para descarga elétrica.


Segurança ao fogo – não queima ou adiciona combustível para o alastramento do fogo em uma casa. Segue as normas da ABNT e do Corpo de Bombeiros.


Pintura feita em superfície plana e lisa.


Utilizado em poucos países por ser um sistema pouco resistente às forças da natureza (terremoto, furacões etc.), demorado e artesanal em sua execução.


Produto final artesanal.


Tendência mundial a desaparecer como sistema construtivo.


Pouco sujeito às modernidades e evolução.


Fundação: representa entre 10% e 15% do custo total da obra. Para terrenos acidentados, pode atingir valores maiores.


Fundação: distribuição com cargas pontuais.


Facilidade de aparecimento de fissuras.


Obra em sua maior parte artesanal com mão de obra pouco qualificada.


Utiliza produtos que degradam o meio ambiente: areia, madeira, tijolo, brita etc.


Estrutura em concreto armado. Sua qualidade é determinada por fatores inconstantes como mão de obra, temperatura, umidade do ar, matéria-prima etc.


Colocação de tubos, conexões, e eletrodutos, feitas no próprio local da obra, com quebra de paredes, desperdício de materiais e retrabalho.


Canteiro de obra sujo ou com grande dificuldade para manutenção de limpeza.


O jardim é a última etapa da obra.


O isolamento térmico é mínimo. Permite facilmente a passagem de calor pelas paredes. Custo de manutenção de temperatura alto.


Desempenho do isolamento acústico é inferior ao sistema construtivo steel frame.


Grande utilização de água no processo construtivo.


Manutenção para reparos de defeitos ocultos como vazamento, infiltração, problemas elétricos e entupimentos são difíceis, exige quebra de paredes e não garante o resultado final de acabamento perfeito. Prazo de conserto de 05 dias.


Preço por metro quadrado para a construção similar ao Sistema Steel Frame.


Pode ser utilizado somente em países com climas amenos. Sujeito a destelhamento para ventos fortes.


Nenhuma resistência à queda de raios deve ser feito aterramento com a colocação de para-raios.


Resistência ao fogo.



Pintura feita em superfície ondulada e imperfeita.



LIVRO MICURA LIGHT STEEL FRAMING
AUTORAS: HELOISA POMARO E LUANA CARREGARI - EDITORA: C4
PUBLICAÇÃO

O livro "Micura Light Steel Framing – Tecnologia, industrialização e sustentabilidade" das autoras Heloisa Pomaro e Luana Carregari busca preencher o hiato existente nas publicações sobre o sistema construtivo light steel frame. Tendo como objetivo difundir e desmitificar o conhecimento teórico ainda muito difuso no Brasil.
Esse trabalho conta a trajetória da arquiteta Heloisa Pomaro – e dos 30 anos do seu escritório (Construtora Micura) – que ocupa hoje um lugar de destaque na adaptação e implantação de projetos de construção a seco no cenário nacional.
Além de idealizadora e proprietária da Construtora Micura, Casa Micura, M-BOX e Mictech Cursos e Treinamentos em light steel frame, Heloisa é diretora da ADIMACO - Associação Nacional dos Distribuidores e Instaladores de Material da Construção a Seco.
Luana Carregari é da área de comunicação com experiência no desenvolvimento, coordenação e gerenciamento de projetos de Comunicação e Marketing. Desde 2005 dirige seu trabalho para o segmento da construção civil com foco em novas tecnologias. Trabalhou oito anos como diretora de marketing da construtora Micura Steel Frame e, em 2010, fundou a "Mictech" e assumiu a coordenação da primeira empresa no Brasil especializada na capacitação de engenheiros e arquitetos para o sistema construtivo light steel frame. Luana Carregari é a idealizadora do Congresso Latino-Americano de Steel Frame um dos mais importantes eventos do setor na américa do sul, realizado no Brasil em 2015 e em 2016 e do 1º Fórum de Negócios de Sistemas Construtivos Inovadores- realizado em 2016- em ambos eventos assina a coordenação geral.

Preço: R$ 50,00


PERGUNTAS FREQUENTES
Como vamos fixar a casa?
Simples. Começando com uma laje de concreto igual a todas as outras. Os canais são depois fixos ao concreto com buchas específicas de ancoragem, utilizando-se entre os dois materiais uma tela isolante. Os perfis obedecem a esquemas rigorosos de equilíbrio de cargas sustentando totalmente a estrutura.
Como são feitas as lajes entre pisos?
Em aço, OSB, lã de rocha e gesso, tal como todo o edifício. São colocadas vigas propositadamente calculadas apoiadas nas paredes. Nas aberturas entre vigas procedemos à instalação de redes de águas e esgotos, eletricidade, aspiração central, etc. à semelhança do resto das paredes verticais.
É possível fazer subsolo?
Certamente. O subsolo respeitará sempre todas as normas de segurança e impermeabilização para garantir uma uniformidade qualitativa a todo o edifício.
É possível mudarmos paredes na habitação?
Sim, desde que não mexa com paredes estruturais, à semelhança de qualquer construção em alvenaria. É extremamente fácil remover, mudar ou adicionar uma parede interior, adaptando os espaços ao gosto dos seus ocupantes.
É possível obtermos acesso ao crédito para uma moradia?
Sim, obedecendo aos mesmos requisitos de qualquer outro sistema construtivo. Acresce o fato de uma moradia em Light Steel Framing ter prémios de seguro inferiores, uma vez que utiliza materiais de elevada resistência.
Caso haja um incêndio, qual é a resistência dos materiais?
Os materiais utilizados pelo sistema Light Steel Framing são M0 ou M1, o que quer dizer que ou não ardem, ou são auto extinguíveis. No caso de um incêndio, as experiências laboratoriais apontam para uma resistência de mais 40 minutos em comparação com as construções em alvenaria tradicional.
A caixilharia é específica deste sistema construtivo?
Não. Porém aconselhamos sempre uma boa caixilharia por forma a garantir os níveis de isolamento térmico e acústico oferecidos pelas nossas moradias. A caixilharia em PVC (poli cloreto de vinilo) com vidro duplo reforçado a aço afigura-se como sendo a melhor opção. Além de possuir uma vida útil muito mais dilatada, o PVC é um material totalmente reciclável, fabricado por grandes marcas preocupadas com o ambiente.
Posso pendurar um quadro?
Todos os que quiserem. Existem buchas próprias em borboleta que lhe permitem pendurar o quadro danificando ao mínimo a parede e agarrando-o com total segurança. O gesso aguenta com 80kg sem qualquer ruptura. Poderá otimizar ainda mais a operação tentando enquadrá-lo num dos perfis de aço, detectáveis através de um equipamento próprio que oferecemos aos nossos clientes.
O aço enferruja?
Não. O aço utilizado pelo sistema Light Steel Frame é um aço galvanizado cujos métodos são os mais recentes na tecnologia siderúrgica atual, com um teor de galvanização de 275g/m² e com uma garantia anti-corrosão que pode ser considerada de centenas de anos, uma vez que este aço não se encontra à intempérie.
Posso utilizar qualquer acabamento ou revestimento?
O gesso é um material de fácil manuseamento devido ao seu baixo peso, permitindo um acabamento final com todos os materiais normalmente usados na construção. É aplicado gesso hidrófugo na cozinha e casas de banho, sendo posteriormente revestido a azulejo ou qualquer outro material do agrado do cliente. Quando aos pisos, estão preparados para receber qualquer pavimento, desde madeira até pedra, passando pela cortiça ou tijoleira.
Como se processam as instalações de água, gás e eletricidade?
A laje estará preparada com todas as tubagens de esgotos. De forma rápida, uma vez que não é necessário abrir valas, colocam-se entre os perfis e os canais todas as canalizações necessárias (água, luz, aspiração central, aquecimento central, etc.) O sistema preferencial de canalização utilizado pela Gestedi é o PPR (polipropileno), eliminando ferrugens com junções termo-galvanizadas, suportando 100º de temperatura e com uma garantia de 50 anos.
E se arrebentar um cano?
Vá buscar um recipiente rapidamente! A água aparece de imediato, permitindo agir com celeridade e eficácia. Não necessita esperar seis meses para ver fungos por toda a casa, sem sequer imaginar onde se encontra o problema. Basta retirar a placa de gesso danificada, reparar o cano e finalizar a parede, tal e qual como se encontrava antes.
Pode-se colocar lareira, aquecimento central ou ar condicionado?
Sim. Qualquer dos sistemas resultará em perdas mínimas e poupanças máximas de energia. As habitações são naturalmente climatizadas e equilibradas. A opção é sua.
No caso de um tremor de terra ou de um ciclone, a habitação oferece perigo?
Estará sempre mais seguro dentro de uma casa em Light Steel Framing. Como as próprias paredes constituem a estrutura do edifício, evitam a concentração de cargas em pilares pontuais. Do mesmo modo, a interligação das estruturas com parafusos em aço galvanizado elimina pontos de ruptura. O edifício adapta-se ao fenómeno, equilibrando as suas forças. Pode mexer, pode até ficar com partes danificadas, mas a estrutura não colapsa.

ESTUDANTE
Para mais informações sobre o sistema construtivo light steel frame, conheça a MicTech - empresa pioneira na formação e capacitação profissional em light steel frame no Brasil.

ACESSE: WWW.MICTECH.COM.BR

Nossos Produtos e Serviços


CONSTRUTORA E ESCRITÓRIO TÉCNICO
Rua Cap. Joaquim de Mello Freire, 234 - Vila Vitória
Mogi das Cruzes-SP - Tel.: +55 11 4727-6857 / +55 11 96841-2011

VISITE NOSSO SHOW HOME

(AGENDE SUA VISITA)